Obrigado TTR world Tour, benvindo World Snowboard Tour (WST) | Uma postura que irá sacudir o sistema, definitivamente

Em um comunicado oficial divulgado ontem na página oficial no Facebook, o Ticket To Ride (TTR) anunciou que o circuito TTR World Tour foi renomeado em World Snowboard Tour (WST). A mudança do nome é o resultado de uma série de transformações que o prestigioso tour mundial de snowboard está enfrentando para se tornar definitivamente o maior, melhor e mais importante circuito de snowboard a nível planetário.

Comunicado de imprensa:

“The new name World Snowboard Tour lets us send the clear signal that there’s only one legitimate Snowboard Tour on the planet. With around 350 events on 5 continents we have earned the right to declare this. We are the home base for legendary contests like Air& Style, Burton Open competitions, Arctic Challenge or O’Neill Evolution. An increasing number of contests around the world want to become part of our tour. All this is determined on the basic core values of the sport, that still remain the foundation of TTR Pro Snowboarding and its products. Our values creativity, fun, progression, freedom and friendship are the pillars TTR and the World Snowboard Tour have built their acceptance and popularity on.”

Reto Lamm – TTR Pro Snowboarding’s president.


Home Page do site oficial do World Snowboard Tour (WST)

O circuito mundial do Ticket To Ride (TTR), em parceria com a World Snowboard Federation (WSF), foi criado em 2002 pelo PRO rider e lenda do snowboard Terje Haakonsen, junto a um grupo de empresários das áreas envolvidas com este, até então jovem, esporte. A principio pensou-se em criar um circuito projetado para conectar as maiores e mais prestigiosas competições de snowboard do mundo… resultando em um tour de 9 eventos internacionais, nos quais o rider ganhador recebia em prêmio o lendário “Medalhão TTR”, que além de muita glória, dava também direito a uma vaga no Artic Challenge, até hoje considerado um dos TOP event pelos riders. Este formato foi usado somente por duas temporadas até entrar na época das estrelinhas TTRStar, onde os riders podem participar de qualquer evento no planeta para somar pontos válidos para gerar um ranking único e universal, dividido por disciplinas e que calcula também uma classifica overall absoluta. Inútil insistir andando contra a correnteza, mas vale a pena lembrar mais uma vez: o snowboard tem que estar com os snowboarders. É só uma questão de tempo…

Mais detalhes e infos TTR World Snowboard Tour.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.