Raquel Iendrick é destaque na oitava edição do Rey del Park | A snowboarder brasileira conquista a prata na competição da WSF


Cortesia: CBDN – Pódio Rey del Park: Christy Nasser, Raquel Iendrick e Alice Gong

Mais um ótimo resultado e de nível internacional obtido pelos nossos snowboarders brasileiros: a carioca Raquel Iendrick conquista uma importante medalha de prata durante a oitava edição do Rey del Park que foi realizada nos dias 01 e 02 de setembro 2012 na estação de esqui de El Colorado (CHL) e, pela primeira vez, o evento estava avaliado pela prestigiosa World Snowboard Federation (WSF).
Esta competição internacional reuniu 80 atletas, divididos nas categorias esqui e snowboard, alguns convidados pela organização, enquanto a maioria teve que se pré-qualificar para participar desta competição que contou também com importantes prêmios por um valor complexivo de 3.000USD que foram divididos entre os ganhadores de cada categoria! Por ser um evento reconhecido pela World Snowboard Federation (WSF) e oficialmente inserido no WSF South America Snowboard Tour, os participantes do Rey del Park na categoria snowboard ganharam também importantes pontos do World Snowboard Tour (WST), antes conhecido mundialmente como TTR.

Este ano o nível do Rey del Park estava bastante concorrido, contando com a presença de atletas provenientes de vários Países: além dos chilenos e da nossa Raquel (que não foi a única a representar o Brasil…) participaram também skiers e snowboarders dos Estados Unidos, Argentina, Espanha, Canadá entre outros.

Snowboard – Feminino
1. Christy Nasser (EUA)
2. Raquel Iendrick (Brasil)
3. Alice Gong (EUA)

Snowboard – Masculino
1. Zach Aller (Canadá)
2. Iñaqui Irarrázaval (Chile)
3. Pablo Aristeguieta (Espanha)

Ski – Feminino
1. Melanie Kraizel (Chile)
2. Claudia Aliaga (Chile)
3. Luz López (Chile)

Ski – Masculino
1. Thomas Court (França)
2. Santiago Aparicio (Chile)
3. Clint Kasten (EUA)

Mais detalhes e infos Chilenieve.com.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.