Iniciam os Winter X Games 2013 em Aspen (EUA) | Slopestyle (SS) ou halfpipe (HP)? Mark McMorris ou Shaun White?


Cortesia: Getty Images – Riders: Shaun White e Mark McMorris – Foto:Richard Bord

Começa hoje mais uma edição 2013 dos imperdíveis Winter X Games em Aspen (EUA) e entre os snowboarders do planeta a grande pergunta é sempre a mesma: será que alguém irá finalmente derrotar o praticamente invencível Shaun White? Na edição passada ele conseguiu alcançar uns resultados realmente alucinantes tanto na etapa norte americana quanto naquela europeia e isso tudo gerou não poucas polêmicas, lembram? Pois bem, no halfpipe (HP) parece que somente um milagre (ou uma macumba…) poderá evitar o domínio absoluto do amigo zebrinha, enquanto no slopestyle (SS) os jogos parecem que ainda estão em abertos e o único snowboarders com qualidades suficiente para cumprir esta difícil tarefa será o forte rider canadense Mark McMorris, com o seu poderoso triple cork que não deixa muita chance aos outros atletas no slopestyle (SS). Vale a pena evidenciar que mediaticamente e popularmente falando a disciplina de slopestyle (SS) tem mais apego das massas visto a frequência com a qual os jovens snowboarders interagem com as estruturas dos snowparks, mas nos quais raramente é possível encontrar um pipe em condições suficientes para treinar corretamente, tornando assim (comercialmente falando…) o slopestyle (SS) como a disciplina potencialmente mais interessante e prestigiosa. E posso imaginar a grande pressão com a qual o Mark estará lidando nestes dias. De qualquer forma acho que estamos um pouco exasperando este esporte visto que isso tudo está iniciando a se afastar da nossa realidade e o nível começa a se tornar realmente inalcançável para todos os snowboarders comuns que efetivamente estimulam o mercado e a forte recessão nas vendas de snowboard em favor do crescente produto freeski são um evidente sinal de advertência: acho que uma coisa é ser um alienígena tipo TRice interpretando ao máximo a montanha e empurrando o esporte a suas origens, outra coisa é saber fazer a melhor combo-cambalhota com grab sobre uma prancha utilizando estruturas artificiais, qualidade esta mais idônea para um malabarista do que de um snowboarder. Hoje o double é considerada como truque de base e sem um triple ninguém tem sequer chances de subir no pódio de nenhuma competição e será que um espectador consegue realmente apreciar esta louca sequência de rotações, que até mesmo os juízes as vezes não conseguem calcular corretamente, ao invés de um mais estiloso 540 ou 720? Provável que sejam somente minhas isoladas opiniões, afinal eu sou um simples (e old school…) snowboarder fissurado por neve, melhor se for powder :D

Bom, chega de conversa que os Winter X Games 2013 em Aspen (EUA) estão iniciando e podem ser acompanhados ao vivo diretamente por este link da ESPN.

Única minha tristeza é que a partir desta edição não iremos mais ter a presença da nossa querida Isabel Clark representando o Brasil no snowboarder cross (SBX), visto que esta disciplina foi cancelada da programação. Parece que a motivação desta escolha esteja ligada a um tipo de insatisfação dos organizadores de ter um snowboarder cross (SBX) enquanto eles, desde o principio, estavam querendo oferecer algo tipo o mais lendário boarder cross (BX), só que o mítico BX evoluiu para big mountain, deixando o SBX menos adrenalínico e pouco empolgante sob muitos aspectos… mas parece que este stop para a disciplina considerada a mais completa do snowboard (efetivamente é a única que mistura velocidade, interpretação da pista, estratégia e uma boa dose de freestyle…), seja somente uma espécie de pausa de reflexão. Não quero abrir polêmicas baseando me em suposições pessoais, mas a partir desta edição, os X Games entrarão oficialmente a fazer parte do World Snowboard Tour (WST) e os atletas presentes finalmente irão ter a possibilidade de acumular pontos pela ranking oficial da World Snowboard Federation (WSF)!! Isto significa que a histórica etapa norte americana de Aspen (EUA) estará com coeficiente 6Star, enquanto (somente para este primeiro ano…) a etapa europeia de Tignes (FRA) estará avaliada como 5Star e a partir do ano que vem será registrada com coeficiente 6Star. O que tem isso a ver com o tema SBX/BX?? É só saber quem era que gerenciava o sem iguais BoarderX World Tour ;)

Então, boa visão dos 6Star Winter X Games e que o grande vencedor disso tudo seja sempre o nosso esporte preferido: o snowboard!!

Mais detalhes e infos sobre 6Star Winter X Games – Aspen (EUA) 2013.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.