Brasileiros competindo no US Grand Prix em Copper (EUA) | Lucas Vianna e Marcos Batista representam o Brasil no slopestyle (SS) de freeski e de snowboard


Freeskier: Lucas Vianna – Foto: Sarah Brunson

No fim de semana passado aconteceu um dos mais esperados eventos na América do Norte dessa temporada invernal: o US Grand Prix de Copper (EUA), que além de reunir em um único evento competições tanto de snowboard quanto de freeski nas disciplinas olímpicas de halfpipe (HP) e slopestyle (SS), foi a primeira grande oportunidade do 2013 para continuar somando importantes pontos em previsão da qualificação para Sochi 2014. Foram dois os atletas que estavam representado o Brasil neste evento: Lucas Vianna no freeski e Marcos Batista no snowboard. Lucas, jovem atleta de apenas 16 anos, nascido em São Paulo mas residente no Canadá, não conseguiu passar das eliminatórias no slopestyle (SS) para participar das finais dessa etapa da Copa do Mundo de freeski, na qual o nível estava altíssimo e somente os melhores doze foram admitidos para disputar a final, em que o forte atleta inglês James Woods deixou todo mundo para trás.

Mas a situação mais eletrizante estava por conta das provas de snowboard: com quase 150 atletas inscritos no halfpipe (HP) e quase 200 na prova de slopestyle (SS), num total de 37 Países representados, o US Grand Prix de Copper (EUA) tornou-se o primeiro evento do 2013 a ter o ranking reconhecido tanto para a Federação Internacional de Esqui (FIS) quanto pela World Snowboard Federation (WSF), visto que este evento contava com um coeficiente 5Star válido pelo World Snowboard Tour (WST), demostrando assim a fácil possibilidade de um convívio diplomático entre os snowboarders e os usurpadores… ops os esquiadores.

O nível do slopestyle (SS) estava animal, contando com a presença de feras como o forte rider norte americano Chas Guldemond e os finlandeses Roope Tonteri e Peetu Piironinen, respetivamente primeiro, segundo e terceiro no ranking final. Entre estes nomes altissonantes do cenário mundial do snowboard, marcou presença também o nosso Marcos Batista que representou muito bem o País nesta primeira prova de Copa do Mundo do 2013… mas o seu bom nível técnico não foi suficiente para garantir uma vaga nas finais. Agora Marcos viajará em direção de Stoneham (CAN), para participar dia 18 de janeiro 2013 da sua segunda prova da World Cup de slopestyle (SS) e sucessivamente estará indo para outra etapa do circuito mundial em Sochi (RUS). Estamos na torcida!! No entanto outras boas notícias envolvem a cena do snowboard brasileiro: Isabel Clark encontra-se na estação de esqui de Powder King (CAN) para treinar em previsão das próximas provas de Snowboard Cross (SBX). Também Amaury Rosa e Tony Mallmann estão se preparando para participar de duas provas de slopestyle (SS), ambas no centro de esqui de Breckenridge (EUA), agendadas para os dias 27 de janeiro e 09 de fevereiro 2013. E acaba de ser divulgada a admissão de mais um membro no time brasileiro de snowboard: Rafael Renno, rider paulista que atualmente reside na Nova Zelândia. Yeah, a família está crescendo!!

Agradeço de coração o meu grande amigo Walmor, irmão e treinador do Amaury, por todas as fresh news e os belos vídeos que está compartilhando, além daquele convite muito tentador para me juntar a eles nos próximos dias… só que o meu inverno será mais uma vez pelos Alpes: novidades alucinantes a caminho, encerem as pranchas :D

Mais detalhes e infos Snowaddicted Brasil – Brasil na Neve.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.