Temporada invernal no hemisfério sul 2015 chegando | El Niño e as previsões para o próximo inverno nesse continente


Cortesia: Valle Nevado Ski Resort – 25 Março 2015

Sem dúvida nenhuma, a temporada invernal passada do hemisfério sul foi muito atípica e com fortes carências de neve, especialmente nos centros de esqui argentinos. Além disso, tivemos curiosos fenômenos de neve durante esse verão: nevou em Las Leñas (ARG) e em outras localidades andinas em pleno dezembro… lembram? E aconteceram também geadas durante estes meses quentes, tanto na região serrana do Rio Grande do Sul, quanto de Santa Caterina, enquanto no litoral as temperaturas foram muito quentes e acima do normal:

Extremas deste verão até agora: 41,6°C em Criciúma/Epagri no dia 8/12/2014 e 1,5°C em Urupema/Epagri no dia 6/12/2014 com geada. Na temperatura extrema chamou a atenção este valor em Criciúma e os 38,0°C em 1/1/2015 registrados no Inmet de Florianópolis/S.José. Foi a segunda maior temperatura máxima já registrada na capital em 104 anos em janeiro (em 1971 fez 38,2°C, o recorde de janeiro, no dia 24).

Cortesia: Climaterra, por Ronaldo Coutinho em 20 de março de 2015

De norma o inverno chega nos meados/final de maio, porém já estamos assistindo a ocorrências de neve e de frio nas áreas do sul do continente: todos ficamos emocionados com a nevasca que interessou as regiões andinas acerca de Valle Nevado (CHL) e de Las Leñas (ARG) durante o período do equinócio de março. Vale lembrar que o último inverno realmente frio no Brasil foi o de 2013: nevou muito e de forma quase inédita também no Brasil. Só em agosto 2013 nevou umas quatro vezes interessando muitas cidades/áreas do sul do País, com o aqui em Florianópolis (SC), na serra gaucha e em Curitiba (PR), que era desde 1975 que não nevava!


Cortesia: Abaixo de Zero – Imagens da forte nevasca em Caxias do Sul e região – 26/28 agosto 2013

Voltando para o presente e de olho no futuro, essa primeira nevasca pelos andes deixou uma média de 20cm de pow e tomara que isso seja só o começo, especialmente visto que foi confirmada a presença do El Niño, fenômeno esse que influência muito a vida e as escolhas de nós snowaddicteds, motivo pelo qual fui buscar mais infos nos sites de meteorologia. Umas das referências internacionais mais importantes nesse campo é o NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration). Nos últimos dias foi divulgado que os fenômenos ligados ao El Niño começaram a marcar presença no primeiro trimestre do ano e tem fortes previsões que possam se intensificar nas próximas semanas/meses, mesmo o atual El Niño não aparecer tão forte e intenso como costuma ser… mas, a principio, deveria garantir um inverno com precipitações mais regulares e bem diferente ao do ano passado, que foi dramaticamente seco. Outra referência sobre o tema é o Centro Internacional para la Investigación del Fenómeno del Niño (CIIFEN), que confirmou a mesma posição publicada pelo NOAA e que baseia os próprios resultados cruzando os dados recebidos por mais de 350 estações meteorologias espalhadas nos países sul americanos que ficam de frente para o Oceano Pacífico.


Nevasca chegando em Ushuaia (ARG) para o feriado de Pascoa.

Resumindo: apesar de ser ainda muito cedo para qualquer tipo de previsão definitiva, El Niño desse ano deveria possibilitar finalmente um inverno normal (coisa que, aqui no continente, não acontece faz umas temporadas), mas, ao mesmo tempo, serão muitos poucos os momentos de abundância. De qualquer forma continuaremos monitorando estas evoluções meteorologias, rezando para ter um inverno com suficiente neve para curtir a nossa linda temporada invernal. Com certeza as montanhas de cara com o Oceano Pacífico serão as mais garantidas. #ficadica



E com a chegada do inverno no hemisfério sul, voltam também os nossos avisos paroquiais… Chile, Argentina ou??? Como sempre, estamos prontos para oferecer soluções incríveis e totalmente focadas para desfrutar ao máximo essa temporada invernal. Para quem quiser dar de cara com o inverno sem ir muito longe e ficando sossegado nas montanhas “de casa”, temos ofertas e promoções nos melhores centros andinos e patagônicos. Enquanto para os que procuram garantia de happy riding, snowparks alucinantes com grandes feras treinando e experimentar dar aquele rolé em pleno verão europeu, estamos disponibilizando as melhores soluções nas geleiras alpinas e nos snowcamps internacionais mais alucinantes. Também temos uns eventos prestes a serem divulgados que, com certeza, ninguém vai querer ficar fora!!. Procurem mais informações no site da SNOWBAGGING sobre estes lugares, mas não fique somente babando: entrem em contato!!

Mais detalhes e infos: Snowaddicted Brasil | Temporada invernal 2015 Hemisferio Sul.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.