Temporada de esqui de verão | As datas das geleiras europeias

Esqui de verão na Europa

Ainda não sabemos com exatidão o que será do nosso inverno: parece que a maioria dos centros de esqui estarão operativos, mas quase exclusivamente para um turismo de proximidade e, muito provavelmente, sem visitadores internacionais (tipo nós). Por outro lado, a Europa está prestes a reabrir finalmente ao turismo. É noticia de poucos dias atrás que os viajantes estrangeiros que já receberam todas as doses de alguma das vacinas aprovadas pela União Europeia (no momento dessa matéria: Pfizer, AstraZeneca, Moderna e Janssen) poderão ingressar e turistar tranquilamente sem ter obrigação de quarentena e tal. As vacinas Coronavac e Sputnik V não foram ainda reconhecidas pela Comissão Europeia: no caso da vacina chinesa os testes já começaram, mas não sabe-se quanto tempo levará o processo. De qualquer forma o assunto é tratado com urgência e em breve deveremos ter novidades.


Cortesia: Internet – As geleiras europeias onde é possível esquiar no verāo

Se por um lado o lance de poder aproveitar a temporada no nosso continente é ainda muito incerto e duvidoso, por outro sabemos que as geleiras europeias oferecem umas infras incríveis, snowparks alucinantes e até a possibilidade de rasgar fresh pow em pleno verāo! E, dado ainda mais empolgante, por valores beeem mais competitivos se comparados aos que los hermanos apresentam. Quem sabe que isso não possa se tornar um plano B quanto menos interessante.

Onde esquiar na ITÁLIA

A partir do dia 12 de junho começará a temporada de esqui de verāo com a abertura do centro de esqui de Passo dello Stelvio (ITA), localizado a poucos quilômetros de Milāo, na comuna de Bormio (ITA). Com uma altitude máxima de até 3450 metros, esse centro de esqui oferece mais de 20 quilômetros de pistas de esqui e também um snowpark utilizado geralmente pelo time italiano de freestyle.


Cortesia: Cervinia – Snowpark no Plateau Rosà

Também Cervinia (ITA) está pronta para a temporada de verāo: a data de abertura oficial deveria ser a mesma, porém ainda nāo chegou a green light definitiva por parte do governo local. Vale lembrar que no ano passado, os meios de elevação presentes no Plateau Rosà (3500 metros de altitude) funcionaram todos os dias de junho até setembro e é muito provável que será o mesmo também para este verão. A disposição dos esquiadores 26,5 quilômetros de pistas e um dos melhores snowparks de verāo. As pistas veraneias de Cervinia são conectadas com aquelas de Zermatt, na Suíça. Ainda não sabe-se se, por questões sanitárias, será possível usufruir também das pistas dos vizinhos.


Cortesia: Passo del Tonale – Pistas da geleira Presena

Dignos de nota também as geleiras de Presena (ITA) e de Val Senales (ITA) que abrirão ocasionalmente: a primeira já está operativa, mas em breve irá fechar para preservar a geleira durante as semanas mais quentes. A outra, como sempre, estará disponível somente a partir de setembro.

Onde esquiar na SUÍÇA


Cortesia: Zermatt – Matterhorn Glacier

Na glamourosa comuna de Zermatt (SUI), a partir do final de junho será possível esquiar na famosa geleira Theodulo, localizada a quase quatro mil metros de altitude e que oferece as pistas mais altas da Europa, além de condições de neve idênticas, ou quase, com as de inverno. Também Saas-Fee (SUI) está se preparando para a temporada de verão que deverá começar em julho e oferecerá mais de vinte quilômetros de pistas e um dos mais progressivos snowparks com estruturas permanentes de halfpipe e snowcross!

Onde esquiar na FRANÇA


Cortesia: Les Deux Alpes

Sempre a partir de junho, nos Alpes da Sabóia as opções serão em Tignes (FRA), que possui 20 quilômetros de pistas localizadas entre os 3.456 e os 2.724 metros de altitude, ou em Les Deux Alpes (FRA): a maior geleira esquiável da Europa com mais de trinta quilômetros de pistas que se estendem de 3.200 até 3.600 metros de altitude e oferece, com certeza, o snowpark mais famoso e visitado da temporada. Outro destino é La Grave (FRA), a mesma geleira de Les Deux Alpes, mas do outro lado da montanha. Alcança até 3.200 metros e é o paraíso para o freeriding de verão.

Onde esquiar na ÁUSTRIA


Cortesia: Hintertux

Nesse momento existem fortes restrições sanitárias, mas dizem que para começo de junho as geleiras de Hintertux, Kaprun e Kaunertal deverāo voltar a funcionar, porém mantendo algumas limitações. Os regulamentos austríacos atualmente preveem distância entre as pessoas, máscaras em todos os locais fechados, como também nas filas. Os centros de esqui estão elaborando um sistema para acessar aos meios de elevação sem criar aglomeração. Os regulamentos atuais permitem uma carga de no máximo 50% de ocupação nos teleféricos. No momento não é necessário fazer quarentena, mas para se hospedar em hotéis ou alugar casa é obrigatório apresentar um PCR negativo com prazo de 7 dias após a entrada no país ou um certificado de vacinação.

Mais detalhes – Dicas e conselhos sobre turismo invernal.

ianny

ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *