#SAFE – South America Freeride Educational 2016 | Uma segunda edição simplesmente alucinante!


Cortesia: #SAFE – South America Freeride Educational, ed. 2016

Nos dias de hoje, a questão do ‪#‎FREERIDE‬ é cada vez mais massificada e, tentando resolver a missão de “Freeriding para todos”, o #SAFE foi desenvolvido para se propor como momento ideal para sensibilizar e aproximar mais sobre a cultura de segurança e perigos que podem ocorrer nas montanhas nevadas. E esse sempre foi e sempre será nossa objetivo principal! Uma missão totalmente by/for riders! É muito gratificante ver o retorno de interesse que isso está gerando! Vlw Macau, Tim e Ciço… que time esse hein, orgulhoso de vcs! Obrigadíssimo a todos os que participaram e acreditaram nesse projeto… especialmente porque conseguiram entender o verdadeiro escopo disso. Ainda precisamos aportar melhorias, mas como dizia Julio Cesar: aleia iacta est.

Geralmente as temporadas de inverno no nosso continente costumam vir com muita emoção… e seguindo essa tradição, as vésperas da nossa viagem foram caracterizadas por uns simpáticos pulsos vulcânicos, além da quase total escassez de neve. Ou seja: emoção a mil #sqn!! Ainda bem que depois as coisas resolveram-se da melhor forma possível.


Cortesia: #SAFE – South America Freeride Educational, ed. 2016

Chegamos a tempo para ver Chillán (CHI), primeira etapa da snowtrip, praticamente à beira de fechar as pistas por falta de neve. Ainda bem que juntos aos nossos snowbags trouxemos também uma grande nevasca! Rsrs… Por três dias nevou forte e sem parar o quase! Imaginem nossa alegria: só fresh lines tempo todo e criando baitas expectativas para o sol chegar!


Cortesia: #SAFE – South America Freeride Educational, ed. 2016

E ele chegou no sábado… que dia gratificante foi aquele! Condições clássicas: blue bird e muito pow! #ThanksULLR! A mais, naquele dia estava conosco o Seba, nosso querido hermano e guia local de Chillán, que nos levou para dar um rolé alucinante após de uma verdadeira busca da parede perfeita. Todos os participantes do #SAFE ficaram amarradões com essa experiência. Por muitos deles foi tipo uma iniciação: entender as dinâmicas de deslocamento em backcountry… quais fatores a serem levado em consideração durante a busca do powder… onde poderiam se esconderem potenciais perigos… até encontrar a parede perfeita e botar para baixo desenhando prazerosas linhas. Sem dúvidas encerramos os trabalhos em Chillán da melhor forma possível, foi simplesmente sensacional!


Cortesia: #SAFE – South America Freeride Educational, ed. 2016

A diferencia da edição passada, o #SAFE 2016 foi organizado de forma um pouco mais dinâmica e as neves do centro de esqui de Corralco (CHI) foram escolhidas como segunda etapa da snowtrip. Que maravilha traçar linhas nas ladeiras do vulcão Lonquimay. Sem contar que ao nosso redor estavam presentes outros imponentes vulcões: Villarica, Lanin, Sierra Nevada, Llaima. Um cenário realmente deslumbrante!


Cortesia: #SAFE – South America Freeride Educational, ed. 2016

Demos até um pulinho em Los Arenales (CHI): um centro de esqui desativado que foi nosso playground para treinar técnicas de backcountry e resgate na neve. Uma breve e indispensável introdução prática aos princípios básicos para quem curte freeriding.


Cortesia: #SAFE – South America Freeride Educational, ed. 2016

Mais detalhes e fotos dessa segunda edição do #SAFE podem ser encontrados no grupo dedicado ao evento. Agora foco no planejamento da próxima: SnowMOB – Destino Itália, lembrando que todas as infos serão divulgados nesse outro grupo.

Obrigado de coração para todos os que conspiram em prol dos nossos esforços!

Spread SnowLove Everywhere …é isso que nos motiva!




Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.