Evento de snowboard em São Paulo | O CERET hospeda uma competição indipendente de snowboard


Cortesia: Daniel Valenti

No fim de semana passado, entre os dias 13 e 14 de dezembro 2014, rolou um evento de snowboard organizado diretamente pela Prefeitura da cidade de São Paulo, em colaboração com o pessoal do Ski Mountain Park de São Roque (SP) e, aparentemente, foi realizado de forma independente sem envolver a Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN), ou tanto menos a Associação Brasileira de Snowboard (ABS). Como sempre acontece no País, o evento foi divulgado tipo dois/três dias antes da manifestação, mas mesmo assim e apesar das polemicas levantadas pela falta de comunicação, alguns dos riders nacionais mais conhecidos, conseguiram chegar a tempo para participar desse inédito evento que, além de tudo, tinha troféus, cobertura da rede Globo e uma consistente premiação em dinheiro para o pódio: R$1.200,00 para o primeiro, R$700,00 para o segundo e R$500,00 para o terceiro colocado.


Cortesia: Daniel Valenti

O evento aconteceu no Parque CERET e até hoje ainda não conseguimos achar nenhuma informação oficial, mas graça a gentil disponibilidade do fotografo Daniel Valenti, além das fotos, conseguimos entender um pouco mais sobre o evento: a pista usada parece ser a mesma que a ABS usa durante o evento indoor, que costuma ser realizado no mês de maio e que acontece durante uma feira de esportes em São Paulo, só que dessa vez estava mais larga, com três obstáculos e um micro quarterpipe final. Uma dezena de riders nacionais participaram, abaixo de uma forte chuva, desse improvisado slopestyle (SS), o qual foi dominado pelo rider Antonio Pedro Mallmann, seguido por Rodrigo Ortale e o terceiro lugar ficou com Hiroyuki Kawasaki. Parabéns para todos os riders que mesmo sem muita informação e com muito pouco tempo para se organizar, conseguiram presenciar e participar representando a cena nacional.


Cartaz oficial do evento

Sugestões gerais por uma próxima vez e válidas para TODOS os que queiram organizar eventos desse tipo: por favor, comuniquem a tempo o evento para dar a justa oportunidade para quem quiser participar, afinal mais riders presentes significaria também mais espetáculo, público, patrocinadores, etc etc e isso seria ideal para todos os envolvidos, certo? Por favor, já falamos para cuidar um pouco mais com o cartaz oficial dos eventos: além do layout e das cores usadas, seria bom iniciar a inserir também as coordenadas para os atletas se inscrever e/ou receber informações, justo? As vezes parece que os organizadores tenham medo e/ou sofram de uma atípica síndrome de timidez no comunicar estes eventos!! Acho que esse comentário possa resumir tranquilamente os sentimentos da maioria de nós:

“Só torço pra parada melhorar a cada dia! Ia ser um prazer fodido participar de um evento desse, ainda mais com prêmio em cash (puta evolução), mas não avisar com 2 dias antes é pra foder! Eles sabem quem andam e quem não andam!”

Brian Bittencourt


E com a chegada do inverno no hemisfério norte, voltam também os nossos avisos paroquiais… dessa vez, o nosso rumo principal será em direção dos magníficos e sugestivos Alpes. Bem na divisa entre Itália e Suíça, um mix entre a mais famosa enogastronomia e a essência do inverno. Powder e castelos… antigas termas romanas e vilarejos medievais. Tudo isso no sugestivo cenário criado pela majestosa presença das maiores montanhas da Europa, como o Monte Bianco, o Cervino/Matterhorn, o Monte Rosa… Onde o conceito de inverno iniciou-se, onde os centros de esqui superam as centenas de quilômetros e alcançam os impressionante cento e cinquenta anos de atividades invernais! Preparem-se para experimentar o inverno no berço onde ele foi criado. Procurem mais informações no site da SNOWBAGGING sobre estes lugares, mas não fique somente babando: entrem em contato!!

Mais detalhes e infos Brasil na neve | Campeonato independente de snowboard em São Paulo (SP) – 2014.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.