André Cintra e Felipe Strebe participam do Camp de Desenvolvimento Paralímpico | Os esportes adaptados de neve protagonistas em Nevados de Chillan (CHL)


Cortesia: Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) – I Development Camp 2014

Nestes últimos dias de temporada invernal sul americana, o centro de esqui de Nevados de Chillán (CHL), hospedou atletas do Chile, Argentina, Colômbia e México, além do nossos representantes: o snowboarder André Cintra e o esquiador Felipe Strebe, para participarem do I Development Camp. Um camp focado para o desenvolvimento dos profissionais paralímpicos dos esportes invernais, no qual a presença dos nosso atletas foi bastante elogiada! Parabéns pela determinação e persistência!

Comunicado de imprensa:

CBDN participa de Camp de Desenvolvimento Paralímpico com dois atletas

Com apoio do CPB e do IPC, André Cintra e Felipe Strebe realizaram treinamentos em Nevados de Chillán (Chile)

No primeiro ano de um novo ciclo paralímpico, a parceria entre Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) e Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) segue abrindo novos caminhos para os esportes adaptados de neve do Brasil. Na última semana, dois atletas brasileiros, André Cintra e Felipe Strebe, participam do I Development Camp de Ski Alpino e Snowboard latino-americano, financiado pela Fundação Agitos, em Nevados de Chillán (Chile), ao lado de esquiadores e riders de Chile, Argentina, Colômbia e México.

Além dos dois atletas, o treinador Iván Fuenzalida e três outros profissionais compõe a delegação brasileira. O camp também tem a presença dos membros do IPC, Sylvana Mestre e Jordi Carbonell, responsáveis pelo Ski Alpino na entidade (o Snowboard integra o progama paralímpico como disciplina do Ski Alpino).

“Esse evento contribui direta e indiretamente para o Projeto Paralímpico CBDN-CPB. Diretamente, pelo aprendizado que obtemos aqui e pela evolução técnica dos atletas. Indiretamente, com o estreitamento de relações entre os profissionais de diversas áreas”, comenta Ligia Bahu, gestora das modalidades paralímpicas da CBDN. “Isso é muito importante, pois um dos pilares aqui é desenvolver o Ski Alpino e o Snowboard na América do Sul e Central, com o objetivo de tornar a região cada vez mais competitiva”.

Os treinamentos para os atletas foram bastante produtivos durante a semana. André Cintra, que representou o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Inverno em Sochi, e Felipe Strebe destacaram-se.

“A habilidade e o desempenho do atleta André Cintra foram muito elogiados pelo treinador Iván Fuenzalida”, afirma Ligia Bahu. “Ele uma capacidade muito boa para aprender novos movimentos. O Felipe Strebe tem evoluído muito bem e foi outro atleta bastante elogiado, inclusive pela Sylvana Mestre, do IPC”.

Com ambicioso plano de desenvolvimento das modalidades de inverno, a parceria CBDN-CPB volta ao Brasil com muitos aprendizados do Development Camp em Chillán.

“Desde os temas abordados nas palestras (Movimento Paralímpico, classificação funcional, preparação física, entre outros), até um pouco do que é necessário para possibilitar um treinamento de qualidade para um público tão amplo e diverso”, comenta Ligia Bahu. “Acima de tudo, estamos aprendendo muito com os próprios atletas. Eles são exemplo de persistência e de sucesso, seja na montanha ou longe dela”.

PR – Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN)

Mais detalhes e infos Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) | André Cintra e Felipe Strebe participam do Camp de Desenvolvimento Paralímpico.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.