Temporada invernal na América Latina: condições da neve e dos centros de esqui



Cortesia Cerro Chapelco (29 junho 2011)

Este inverno foi caracterizado por um início de temporada bastante problemático para a maioria dos centros de esqui da América do Sul. A neve começou a cair logo no começo de maio, criando fortes expectativas para um começo antecipado das atividades invernais, mas a situação mudou drasticamente logo nas semanas seguintes: primeiro com um repentino aumento das temperaturas no final do outono/começo de inverno de quase todo o hemisfério sul, e em seguida os problemas trazidos pelo vulcão chileno Puyehue que afetaram especialmente o cone sul do continente latino americano. Agora a situação vulcânica melhorou bastante, apesar dos vôos para as regiões de turismo invernal estarem ainda sofrendo fortes problemáticas, e finalmente chegaram as primeiras grandes tormentas de neve que deixaram a maioria dos centros de esqui com aquela bonita capa branquinha que nos faz tão felizes. Mas a situação está ainda longe do conceito de “ideal” e muitas estações turísticas não puderam oferecer um serviço completo para os fissurados de neve. Vamos ver nos detalhes a situação dos principais centros de esqui, tendo em consideração que neste momento uma outra forte tormenta de neve está afetando toda a parte central dos Andes: aproximadamente desde La Hoya (ARG) até Valle Nevado (CHL).

CHILE


CHILENIEVE EN NEVADOS DE CHILLAN, 24 JUNIO 2011 from oscar rodriguez on Vimeo.

Dia 25 de junho abriram as primeiras estações de esqui em El Colorado (CHL), Nevados de Chillán (CHL), Las Araucárias (CHL) e Corralco(CHL). Enquanto Portillo (CHL) ativou somente a parte da hotelaria. Atualmente caíram mais de 30cm de neve em Valle Nevado (CHL) possibilitando uma abertura parcial (Jardim da Neve + 6 pistas todas na parte baixa) dos meios de elevação para este fim de semana do dia 2 de julho. Também La Prava (CHL) oficializou que irá abrir neste fim de semana, com previsão para dia 8 de julho inaugurar a nova ski area da Valle de Fabres que aumentará de +30% a área dedicada à prática do esqui no cerro.

ARGENTINA



Cortesia Cerro Catedral (29 junho 2011)

O primeiro que conseguiu inaugurar a temporada invernal 2011 na Argentina foi Caviahue (ARG) no dia 19 de junho e as últimas informações davam quase um metro e meio de neve na base. Cerro Castor em Ushuaia (ARG) abriu hoje, dia 1 de junho, e amanhã iniciarão de forma parcial as atividades em Chapelco (ARG). La Hoya (ARG) ainda não tem neve suficiente para liberar as pistas e os meio de elevação de Las Leñas (ARG) deverão começar a funcionar no dia 4 de julho visto que a tormenta de neve da quarta feira passada depositou mais de meio metro na base. Penitentes (ARG) está ativo exclusivamente na parte dedicada aos principiantes. A situação mais dramática afeta as duas localidades que mais sofreram com as cinzas do vulcão: Bariloche (ARG) e Villa la Angostura (ARG). Apesar dos grandes esforços já feito até agora, ainda estas duas cidades não conseguiram se recuperar totalmente deste grande transtorno e o aeroporto de Bariloche (ARG) encontra-se atualmente fechado. Está fortuitamente começando a cair bastante neve e as previsões por enquanto são que as atividades invernais tanto do Cerro Catedral (ARG) quanto do Cerro Bayo (ARG) deverão provisoriamente iniciar no dia 9 de julho. Para limitar um pouco os prejuízos, a sociedade que gerência o Cerro Catedral (ARG) comunicou que, para incentivar a volta do turismo na região, irá oferecer fortes descontos nos passes dos meios de elevação. Promoção esta que provavelmente será estendida também aos preços dos meios de elevação do Cerro Bayo (ARG).



Cortesia Cerro Bayo (30 junho 2011)

Mais detalhes e infos AQUI… proximamente!

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.