Tailgate Alaska 2012 | O imperdível freeride world festival no paraíso do powder

A quinta edição do World Freeride Festival que aconteceu nestes dias em Thompson Pass (EUA), na região do Alasca (EUA) foi, como sempre, um sucesso e reuniu riders provenientes dos quatro cantos do planeta. Estavam presentes europeus, americanos, asiáticos e também uma delegação de chilenos representando o continente sul-americano… mas sinceramente quando você está no meio desta paisagem alucinante, onde não existe nada mais do que quilômetros e quilômetros de montanhas e toneladas de puro powder a disposição, a procedência de cada snowboarder passa para segundo plano, deixando que as fortes emoções de estar presenciando o evento mais rider-oriented do planeta, no meio do paraíso do powder, falem mais alto.


Cortesia: Tailgate Alaska

Mas no meio desta semana de total confraternização de verdadeiros viciados em neve, o festival de Tailgate hospeda também umas das mais prestigiosas competições de snowboard freeride do planeta. Primeiramente o pico onde isso acontece é algo que nenhuma outra montanha pode oferecer: estamos no Alasca (EUA) e isso é sinônimo de powder, muito powder. Outra característica deste evento é que é feito rider to rider: ou seja cada snowboarder participante, além de competir, tem que julgar também as descidas dos outros concorrentes, tornando o freeride world festival como o mais meritocrático e équo do planeta. Campo de batalha: a mítica parede conhecida como Bro Bowl (AK), onde este ano foram Brandon Reid e Emily Weer a merecer o título do Tailgate Alaska World Freeride Festival 2012.

Snowboarder Men
1. Brandon Reid
2. Sammy Luebke
3. Mikey Marohn
4. Max Zipster
5. Donny Mills
6. Scotty Lago
7. Micah Hoogaveen
8. Cody Beach

Snowboarder Women
1. Emily Weer
2. Yoko Nakamura

Mais detalhes e infos Tailgate Alaska.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.