Valle Nevado em risco de falência | Situação complicada para o famoso centro de esqui chileno

Graves dificuldades econômicas para Valle Nevado S.A.

Faziam umas temporadas que o badalado centro de esqui de Valle Nevado (CHI) estava sendo alvo de pesadas críticas por parte dos frequentadores insatisfeitos com a qualidade do atendimento ao consumidor: falta de comunicação clara e objetiva, valores cobrados absurdamente altos e um jeito de administrar o empreendimento focado somente em faturar, faturar e faturar sem muitos retornos para o cliente. O balance econômico já apresentava desequilíbrios quando, em 2019, tiveram que enfrentar uma temporada de inverno terrivelmente seca e agora, neste inverno que foi o mais nevoso desde sempre, o famoso resort de neve chileno teve que permanecer fechado devido às consequências emergenciais causadas pela pandemia de Covid-19. Praticamente uma “tormenta perfeita” que pôs a administração de Valle Nevado S.A. em forte crise e à beira da falência econômica do resort (centro de esqui, serviços turísticos, hotéis e apartamentos), mas apesar das grandes dívidas acumuladas e das incertezas que o mercado do turismo está enfrentando nesse período, há uma grande vontade geral para não declarar a irreversível quebra da principal estação de inverno do país que, além de tudo, ainda goza de um forte prestígio mundial!

Porém, fica complicado justificar e solucionar o fator que há meses a renda do empreendimento tá zerada e os custos de gestão, além de serem altos, continuam se acumulando. Tanto é que alguns fornecedores de serviços e produtos, justamente, entraram na Justiça para exigir que a Valle Nevado S.A. cumprisse suas obrigações. O tribunal chegou até a ordenar a apreensão de alguns móveis da empresa, mas parece que “in extremis” rolou um acordo entre os credores no qual a Valle Nevado S.A. se compromete a cumprir um cronograma de pagamento nos próximos meses. De qualquer forma vale a pena lembrar que falta muito tempo até o próximo inverno e, além de tudo, a problemática do Covid-19 ainda não foi solucionada. A situação está realmente apertada e complicada. Quem sabe não cheguem novos patrocinadores com visões mais atentas que possam “resolver” e “melhorar” esse pico tāo cobiçado, especialmente por frequentadores do nosso mercado nacional de neve!

Mais detalhes👉 Dicas e conselhos sobre turismo invernal

Curtiu nosso trabalho e quer se envolver e/ou dar aquela força a mais?

  • Siga-nos pelos canais sociais Facebook | Instagram
  • Inscreva-se na Newsletter
  • Venha participar da nossa Programaçāo
  • Vista nossa Camiseta 100% Orgânica

  • Próximas fadigas

    Inverno HN 🏔️

  • Continuando procurando uma soulçāo para o Covid-19🤞💪


  • ianny

    ianny

    ...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *