Acabou o TTR World Tour 2012 | Falta mais um último big event nesta temporada de snowboard


Cortesia: World Snowboard Federation (WSF) – Rider: Kelly Clark e Iouri Podladtchikov – Foto: Jeff Patterson

O world tour 2011/12 promovido pela Ticket To Ride (TTR) em colaboração com a World Snowboard Federation (WSF) chegou ao fim. Como todos os anos o 6Star Burton US Open é o evento que encerra a temporada de competições do maior circuito independente de snowboard e para este inverno os resultados foram que: a norte americana Kelly Clark e o suíço Iouri Podladtchikov, após uma extra brilhante temporada cheia de importantes conquistas, ganharam o título de campeões do TTR Halfpipe World Tour.

No slopestyle (SS) a corôa desta temporada do TTR World Tour foi vencida pela terceira vez pela fenomenal Jamie Anderson, enquanto na categoria masculina, o canadense Sebastien Toutant conseguiu conquistar pela primeira vez este cobiçado título, derrotando na última run dos Burton US Open Chas Guldemond o qual não conseguiu reagir e apesar de ter realizado uma magnífica temporada cheia de resultados perdeu a chance de ganhar a corôa realmente por poucos pontos.


Cortesia: World Snowboard Federation (WSF) – Rider: Cilka Sadar o Stale Sandbech

Na classifica geral onde os resultados dos pontos tanto de halfpipe (HP) quanto de slopestyle (SS) são somados para criar uma ranking overall, a eslovaca Cilka Sadar o norueguês Stale Sandbech foram os que mais conseguiram alcançar a maior pontuação nas duas disciplinas durante este inverno 2012. Mas a edição 2012 dos Burton US Open foi muito mais além do que uma simples competição para estilar a ranking definitiva desta temporada. Iniciando pelo fato que este ano comemorava-se a trigésima edição deste evento de competições de snowboard! que contou com a presença de muitos ícones que fizeram literalmente o sucesso deste esporte e que vieram para homenagear este importante marco, os Burton US Open, especialmente na disciplina do halfpipe (HP), acenderam ainda mais a disputa entre o campeão TTR Ipod e Shaun White pela corôa de melhor piper do ano que provavelmente irá se resolver em Tignes (FRA) durante os Winter X Games europeus.

Pela crônica zebrinha dominou literalmente o halfpipe (HP) deixando bem claro quais serão as suas intenções na França, Louie Vito continua colecionando medalhas de prata na categoria e o Ipod chegou somente sétimo, sem muito brilho tanto no estilo quanto na técnica… provavelmente sofreu a pressão ou simplesmente está cansado/estressado visto o intenso período de competições que está enfrentando…enquanto outros snowboarders atuam de forma part-time e competem somente em poucos eventos $elecionado$…

Entre as mulheres Kelly Clark perdeu a chance de conseguir a sua décima sétima vitória consecutiva, chegando no segundo degrau do pódio atrás da snowboarder Elena Hight que realizou uma prova espetacular que a levou no topo do pódio do halfpipe (HP) dos Burton US Open. Agora todos os holofotes estarão apontados no superpipe dos Winter X Games europeus em Tignes (FRA) que iniciarão oficialmente dia 14 de março 2012. Apesar do clima de primavera que está presente em toda a região dos Alpes, a estrutura do halfpipe (HP) está pronta e em perfeita condições. Realizada pela Snow Park Technology (SPT), a mesma que realizou o superlativo halfpipe (HP) dos World Snowboarding Championships (WSC) e que construiu as estruturas de neve de todos os top events de snowboard do mundo, o halfpipe (HP) dos X Games de Tignes (FRA) com o seus 220 metros será mais comprido a respeito ao dos WSC, o qual media 170 metros, mas as paredes laterais de 7 metros serão menores de mais de meio metro de altura.

PS: este foi um fim de semana muito triste para o mundo da neve em geral e especialmente para os irmãos do freeski… luto tanto no freeride quanto nas competições…

Mais detalhes e infos Winter X Games Europe.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.