A temporada invernal acabou, bem vinda temporada invernal…

Oficialmente podemos declarar que encerou-se esta magnífica e abundante temporada invernal para o hemisfério norte. É comum indicar este feriadão, entre o último fim de semana de abril e a festividade do 1° de maio, como a data de conclusão de todas as atividades do norte do planeta referentes ao inverno: geralmente é a última ocasião para aproveitar os meios de elevação nos ski resorts enquanto para o comércio é a data que marca a “virada de pagina” e começa-se a dedicar-se ao verão. Claro que sempre existem exceções… as geleiras praticamente nunca param de funcionar (inverno/verão) e nas latitudes mais ao norte a “festa” vai continuar por umas semanas a mais, mas algo como 90% das atividades de inverno estarão encerradas até recomeçar no próximo novembro/dezembro. Mas apesar de estar em maio e que em muitas localidades de montanha as temperaturas já estão em aumento, as condições reais das pistas de esqui poderiam permitir tranquilamente uma extensão dessa data por uns dias a mais, também porque além de ter neve suficiente, tem novas previsões de mais neve nos próximos dias tanto na Europa quanto nas montanhas da América do Norte!!

De qualquer forma, a esta altura podemos definitivamente confirmar que este foi um ótimo inverno sob muitos aspectos! A neve chegou com bastante antecedência e abundante logo no começo pegando sim todos desprevenidos, mas em muitos casos transformou-se em um começo de temporada invernal bem antes das programações. O dado mais relevante é que este foi o inverno dos recordes referentes a quantidade de neve que caiu na maioria das localidades de esqui e nas cidades urbanas, especialmente na América do Norte, que incentivaram sensivelmente o consumo relacionado a neve tanto nas vendas das lojas, quanto nos comércios ligados as atividades esportivas na neve. Desde a metade de março que os brands do setor já estavam comemorando esta temporada invernal pelos grandes resultados positivos nas vendas de artigos ligados ao inverno (lembra AQUI…), brindando especialmente o momento do Natal 2011, incentivado sobretudo pela quantidade de neve que chegou antecipadamente e abundante.

Inverno que acaba por um lado, inverno que está preste a começar do outro. O calendário com as datas dos eventos para a temporada no hemisfério sul está quase pronto: em breve as agências dos tours mundiais de snowboard e freeski estarão oficializando as datas e as localidades da Nova Zelândia e da Patagônia que nos próximos meses serão teatros das competições mais extremas do planeta. No entanto as nevascas que em pleno outono branquearam a cordilheira, carregaram positivamente as previsões dos insiders do setor invernal patagônico, levantando hipóteses de que muito provavelmente também aqui será um inverno épico e com fortes probabilidades de poder se transformar em um das temporadas mais abundantes na historia invernal da Patagônia. Por enquanto Buenos Aires (ARG) hospedará neste mês de maio 2011 dois eventos urbanos com tema neve muito importantes para os riders sul americanos: os resultados do Board Film Festival (BOFF) e a grande festa que elegerá o Rider do Ano (RDA) de snowboard e de freeski, como também de surf e skate.

Mais detalhes e infos SOON…

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.