Desafio EuroSIMA: procurando inovações, edição 2011.

Acabam de ser comunicados os detalhes da edição 2011 do Innovation Projects, um interessante desafio aberto para todos aqueles criativos com projetos mirados para estimular a indústria dos board sports (Surf, Snowboard, Skate…) com novos concepts de produtos inovadores.

No começo dos anos 90, nos Estados Unidos, para promover os interesses comuns da indústria do surf, foi criada a Surf Industry Manufacturers Association (SIMA). Esta associação tinha como tarefa principal nortear o caminho dos vários brands que estavam surgindo em conjunto com a grande expansão deste novo trend de mercado, sem esquecer o lifestyle comum: o boardriding spirits. Da mesma forma, em 1999, alguns dos maiores brands do setor decidiram criar a mesma estrutura também na Europa, para manter viva esta postura de colaboração, voltada a criar produtos e ferramentas desportivas que pudessem progressivamente estimular a crescida deste mercado de forma saudável. Esta estrutura chamou-se EuroSIMA (European Boardsports Industry Manufacturers Association) e atuou exclusivamente para o mercado do surf até 2005, quando decidiu-se de englobar outros board sports como skate e snowboard e assim foi criada a “mountain division” que levou a EuroSima a ser reconhecida como a principal referência organizacional para todas as indústrias européias ligadas aos esportes de prancha. Além do setor produtivo/industrial, a EuroSIMA opera também para estimular a difusão dos esportes, incentivando e realizando eventos importantes como, por exemplo, o World Snowboard Day.

O Innovation Projects, desafio inteiramente criado pela EuroSIMA, é aberto para todos, podendo participar tanto como pessoa físicas, como em grupo ou brand ou jurídica. Também não existem restrições sobre a tipologia de ideias e produtos que podem ser apresentados no concurso, único regra é que os projetos possam ter uma real aplicação comercial e serão julgados por uma comissão de técnicos que irão analisar as propostas seguindo três critérios de avaliação:
-Inovação, o projeto tem que ser inédito e trazer novidade ao setor.
-Sustentabilidade, de acordo com o respeito ao meio ambiente.
-Viabilidade, realmente viável tanto no setor tecnológico quanto financeiro.

Os finalistas serão coordenados por uma equipe de experts para levar adiante os projetos apresentados e o ganhador receberá um prêmio de 10.000 euro e o suporte das indústrias européias do setor para realizar a ideia.

Cronograma do Innovation Projects edição 2011:
- 11 abril: início e comunicação dos detalhes do concurso.
- 09 setembro: último dia útil para apresentar projetos.
- 16 setembro: início das avaliações dos projetos enviados.
- 10 outubro: os resultados oficiais.

Então, a oportunidade foi dada.

Mais detalhes e infos AQUI.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.