André Cintra se classifica para Sochi 2014 | Primeiro snowboarder brasileiro nos Jogos Paralímpicos de Inverno

Jogos Paralímpicos de Inverno

Uma incrível notícia acaba de ser divulgada nestas horas pelo departamento de imprensa da Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN): o atleta de snowboard adaptado André Cintra está oficialmente qualificado para representar o Brasil nos próximos Jogos Paralímpicos de Inverno que acontecerão em Sochi (RUS) em fevereiro 2014. E prestem bem atenção porque este é um marco inédito na historia nacional dos esportes invernais!! Parabéns André por esta magnifica conquista, mais um brasileiro representando o País na neve… e é um snowboarder!! #Yeah 😀

Comunicado de imprensa:

André Cintra se classifica a Sochi-2014 e será o primeiro brasileiro nos Jogos Paralímpicos de Inverno

Atleta do Snowboard Adaptado teve vaga confirmada pelo CPI após cancelamento de prova na Nova Zelândia

André Cintra entrou para a história do esporte nacional. Com a classificação para Sochi-2014 já garantida, o para-snowboarder puxará a fila da primeira participação brasileira nos Jogos Paralímpicos de Inverno.

O brasileiro teve a vaga confirmada pelo Comitê Paralímpico Internacional (CPI) após o cancelamento das provas de Copa Mundo previstas para acontecerem em Cardrona (Nova Zelândia), as últimas previstas antes do fechamento da janela de qualificação. André ficou com a 19ª posição no ranking que classificou 32 snowboarders para Sochi.

“Estou muito feliz. Meu primeiro objetivo agora já foi cumprido”, disse o pioneiro atleta paralímpico brasileiro. “Tenho a consciência de que posso abrir as portas para novos atletas”.

Com o passaporte carimbado para a Rússia, André se focará, nesta temporada, na preparação para os Jogos. Além dos treinos físicos no Brasil – ele se alterna entre corrida, academia e kitesurfing, modalidade na qual foi descoberto pela CBDN –, o snowboarder viajará para o Chile, onde treinará com a equipe brasileira.

Antes dos Jogos Paralímpicos, também competirá fora do País. A expectativa é que ele faça entre 4 e 5 provas no hemisfério norte. “A experiência nas pistas de cross é muito importante e faz uma diferença tremenda. Quero me focar nisso”, projetou o brasileiro.

Stefano Arnhold, presidente da CBDN, comemorou o primeiro passo histórico para os esportes paralímpicos de neve do Brasil e projetou crescimento da modalidades para o futuro. “No começo, a gente preferiu ser mais conservador para classificar para 2014. Mas para Pyeongchang-2018, na Coreia do Sul, seremos mais ambiciosos”, afirmou.

O projeto paralímpico da CBDN é realizado em parceira com o Comitê Paralímpico Brasileio (CPB), que apoio a iniciativa. Andrew Parsons, presidente da entidade, também mostrou satisfação com a classificação de André Cintra. “Essa parceria bastante afinada fez o resultado aparecer. Então, quero dar parabéns à CBDN, na figura do presidente Stefano Arnhold e, principalmente, para o atleta. Parecia um sonho distante, mas agora se tornou realidade”, comentou.

Além de André, a o trabalho conjunto de CBDN e CPB financiam o ski cross country adaptado, que conta com o atleta Fernando Aranha, que está muito próximo do índice técnico que vale classificação para 2014. Os Jogos Paralímpicos de Inverno será realizado entre 7 e 16 de março do próximo ano, na cidade de Sochi (Rússia).

Felippe Rodrigues – Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN)

Mais detalhes e infos Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) – André Cintra qualificado para Sochi 2014.

ianny
...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.

Deixe uma resposta

Top