O calendário 2013 do Freeride World Tour (FWT) | O circuito de Big Mountain mais respeitado do planeta

Perto do final de julho 2012, os circuitos do Freeride World Tour, do Freeskiing World Tour e do lendário Masters of Snowboarding, anunciaram oficialmente uma fusão entre eles para unificar os três circuitos em um único world tour de altíssimo nível.

07 janeiro 2013 – Revelstoke (CAN) – M/F freeski e snowboard
19 janeiro 2013 – Courmayeur (ITA) – M freeski e snowboard
26 janeiro 2013 – Chamonix (FRA) – M/F freeski e snowboard
27 fevereiro 2013 – Kirkwood (EUA) – M/F freeski e snowboard
09 março 2013 – Fieberbrunn Pillerseetal (AUT) – M/F freeski e snowboard
23 março 2013 – Verbier (SUI) – M/F freeski e snowboard

Agora há poucas semanas do começo da temporada invernal, foram anunciados oficialmente o calendário completo para a edição 2013 do Freeride World Tour (FWT), ao qual estava faltando ainda a confirmação de uma etapa, além da lista dos eventos do circuito válido como pré-qualificação, conhecidos como Freeride World Qualifier Series (FWQ) e das datas da versão dedicada aos menores de idade, ou seja o Freeride Juniors, o qual conta com etapas tanto na Europa quanto na América do Norte. Com 41 eventos de pré-qualificação confirmados ao redor do mundo (Europa, Nova Zelândia, Estados Unidos e América do Sul), os snowboarders e os freeskiers de big mountain terão mais oportunidades para marcar pontos no ranking, abrindo mais chances para ter a possibilidade de ingressar no prestigioso Freeride World Tour (FWT).

A partir desta temporada, os riders de snowboard e os freeskiers interessados ao mais alucinante circuito mundial de big mountain irão ser divididos basicamente em duas regiões/circuitos: uma incluindo os eventos na Europa, Oceania e Ásia, enquanto a outra irá incluir as competições realizadas nas neves das Américas. Porém o ranking será um só e serão classificados com coeficiente entre 1 e 4 estrelas, de acordo com o grau de dificuldade de cada etapa. Com 41 eventos de pré-qualifica no calendário, muitas estações de esqui irão oferecer boas oportunidades para estimular progressivamente o desenvolvimento das comunidades locais que praticam o freeride, disciplina esta que está a cada ano adquirindo mais adeptos. Uma descrição completa das datas, das regras e de todas as informações necessárias pode ser encontrada no site oficial do circuito.

Além do circuito dedicado aos eventos para os adultos, existe também a versão do Freeride World Tour (FWT) dedicada aos riders mais jovens, incluindo competições com coeficiente de 1 e 2 estrelas úteis para iniciar a sentir o gostinho da adrenalina das provas de freeride e treinar em previsão de ingressar no circuito profissional dedicado para os adultos. Também o circuito dos eventos dedicados aos juniores será divididos em dois sistemas de classificação, porém desta vez incluindo somente etapas no continente europeu e norte americano. Na Europa os jovens riders irão competir em Chamonix (FRA) no dia 26 de janeiro 2013, sucessivamente em Fieberbrunn Pillerseetal (AUT) no dia 09 de março 2013 e em Verbier (SUI) no dia 23 de março 2013. Enquanto os riders norte americanos irão poder ter a chances de se desafiarem em Crystal Mountain (EUA) nos dias 25-27 de janeiro 2013, em Crested Butte (EUA) nos dias 15-17 de fevereiro 2013, em Squaw Valley (EUA) nos dias 08-10 de março 2013 e no tradicional New Mexico Junior Freeride Championships que acontece em Taos (EUA) nos dias 29-30 de março 2013. No final da temporada os melhores juniores da Europa irão se juntar aos colegas norte americanos para competir no Junior Freeride World Championships, evento esse que a cada ano será realizado e hospedado de forma alternada entre as neves dos ski-resorts do velho e do novo continente e que para esta edição 2013 do circuito será realizado em Snowbird (EUA).

Mais detalhes e infos Freeride World Tour (FWT) 2013.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.