Notícias e resultados dos atletas brasileiros dos esportes de neve | A temporada invernal está quase terminando


Cortesia: Isabel Clark, a primeira na esquerda

Para alguns dos nossos atletas nacionais esta temporada invernal já acabou, enquanto para outros, apesar de estar quase na primavera (no hemisfério norte…), ainda há muita briga nestas últimas competições na neve. Nas disciplinas que envolvem o snowboard, a forte atleta carioca Isabel Clark participou, no fim de semana passado, de uma importante etapa do circuito da copa do mundo de snowboard cross (SBX) em Veysonnaz (SUI), no qual conseguiu uma incrível décima primeira colocação nas qualificações, encerrando esta prova em décimo quarto lugar, o seu melhor resultado da temporada invernal. Esse importante resultado posiciona a veterana snowboarder na décima sexta colocação geral da lista olímpica, que definirá as 24 qualificadas para os Jogos de Sochi (RUS) em fevereiro 2014. Agora, a próxima etapa será em Sierra Nevada (ESP) para disputar as finais do circuito da copa do mundo. Além da prova na categoria snowboard cross (SBX), estarão neste evento também outros dois atletas brasileiros: o snowboarder Marcos Batista no slopestyle (SS) e Lucas Vianna no esqui slopestyle.

Outra snowboarder do time nacional está se destacando no panorama internacional. Desta vez é a jovem atleta catarinense Isis Dassow, que após uma temporada com bons resultados na disciplina do snowboard cross (SBX), obtive a qualificação para a vigésima quarta edição do Annual National Championships, que será em Copper Mountain (EUA) a partir do dia 30 de março 2013. Enquanto isso, vale lembrar também que a snowboarder carioca Allana Leite estará empenhada para a sua primeira participação no circuito profissional americano em Sun Valley (EUA), que acontecerá no dia 22 de março 2013.


Cortesia/atleta: Michel Macedo

Os esquiadores brasileiros também estão em atividade. A cada temporada invernal a Federação de Ski Americana (USSA) promove 3 finais de campeonatos divididas por idade e por região: leste, oeste e área central. Cada região envia os melhores atletas para competir e, pela região do oeste (que inclui os estados do Utah, Oregon, Alaska, California, Washington e Idaho), o jovem esquiador Michel Macedo, de 14 anos, irá representar além da sua região onde atualmente mora, também o nosso país. Esse desafio inicia hoje e envolve cerca de 90 meninos e 70 meninas de idade entre 14 e 16 anos, nas disciplinas de slalom especial, slalom gigante, e super gigante. A competição chama-se USSA Marriott Junior Championship e a maioria dos participantes são atletas que vivem nos Estados Unidos e frequentam assiduamente as academias de treinamento focadas para desenvolver esquiadores profissionais.


Cortesia/atleta: Fabio Guglielmini

Fabio Guglielmini, outro jovem esquiador do time nacional, conquistou nesta temporada o seu melhor resultado da carreira na prova de slalom especial realizada neste fim de semana em Cortina d’Ampezzo (ITA). Quem praticamente está já de ferias é o Nathan Wayne Alborghetti, que após uma super temporada cheia de medalhas (de ouro também…) teve que se afastar das competições por causa de sérios problemas de saúde, mas dos quais já está se recuperando.


Cortesia/atleta: Esmeralda Alborghetti

Quem que ainda está em plena atividade é a irmã do Nathan, Esmeralda Alborghetti, que irá representar o Brasil na neve esta semana. A atleta baiana de 14 anos participará do Troféu Pinocchio que será realizado na estação de esqui do Abetone (ITA), no qual disputará umas provas de esqui alpino nas disciplinas de slalom especial e slalom gigante.


Cortesia/atleta: Chiara Marano

Também a bela italiana com sangue brasileiro Chiara Marano está treinando duro para participar das últimas provas desta temporada invernal do hemisfério norte. Força atletas que estamos na torcida para ver o Brasil cada vez mais presente nos esportes de neve!

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.