Chegou o inverno no HS | Situação dos centros de esqui no continente


Cortesia: Portillo – Foto dia 18 Junho 2016

No final de maio, o fenômeno meteorológico conhecido como El Niño perdeu toda sua força, liberando assim o corredor de ar polar que chocou-se com a grande massa de umidade deixada pelo famoso vento na parte central da cordilheira… lembram das com sequencias?? Uma enorme nevasca abarrotou localidades como Valle Nevado, Portillo e Las Leñas. Aquele mesmo ar gelado que sentimos em várias regiões aqui no País também. Era a primeira semana de Junho, um pouco mais… e desde então só ar seco e temperaturas um pouco acima da média. E, excluindo as três localidades turísticas mencionadas, todos os outros centros de esqui tiveram que postergar o inicio da temporada de esqui. No entanto o inverno chegou. A partir do dia 20 de Junho, às 19h34 (horário de Brasília) entramos oficialmente na estação mais fria do ano e isso coincide com o evento astronômico conhecido por Solstício de Inverno: tecnicamente quando temos a noite mais longa do ano e o dia mais curto.


Cortesia: Cerro Catedral – Webcam dia 22 Junho 2016

Um fator climático com algumas probabilidades de interferir no nosso inverno é o fenômeno de La Niña: já está se formando no Pacífico e nesse trimestre (junho/julho/agosto) chegará indicativamente na metade da intensidade máxima prevista. Entre novembro de 2016 e janeiro de 2017 chegará até uns 75%… ou seja, a principio não deveria perturbar muito, deixando a temporada invernal entre “os padrões”. Teremos chances de encontrar umas abundantes nevascas como aquelas que ocorreram no começo do mês, especialmente considerando que La Niña estará fabricando massas de umidade, mas não terrá força suficiente para bloquear os ventos polares. No momento estamos com grandes áreas de alta pressão em boa parte do continente: clima seco e sol, com possibilidade de geadas nas áreas propicias. Isso faz acontecer aquele fenômeno da neblina de manhã cedo… que geralmente em montanha fica mais amplificado e espetacular.


Cortesia: Cerro Catedral – Webcam 22 Junho 2016 – Exemplo de inversão térmica

Tecnicamente chama-se de Inversão Térmica: quando a temperatura do ar na base é inferior se comparada com a temperatura do ar em altitudes maiores. A “normalidade” seria: mais altitude = mais frio, mais perto do nível do mar = mais quente. Em montanha uma inversão térmica aumenta as chances de ter chuva na parte baixa, enquanto nas alturas: sol e neve em rápida transformação. Atualmente é o que temos e até primeira semana de julho, a situação não deveria mudar muito. O que provavelmente deverá mudar de novo serão as datas para iniciar as atividades invernais na maioria dos centros de esqui… #TomaraQueNÃO!


Cortesia: Cerro Chapelco – Webcam 22 Junho 2016

Vale a pena frisar que todos os prognósticos meteorológicos acima de 15 dias são considerados como improváveis e/ou nulos! São simples modelos combinados com cálculos de probabilidade. Ou seja, ninguém tem como prever o que irá acontecer… de qualquer forma aqui vai nosso palpite sobre as previsões para esse inverno: julho essencialmente seco, mas vai nevar! Agosto costuma ser bem servido e setembro também estará com neve, porém com temperaturas mais quentes do normal. Mas também vale lembrar que nas partes mais elevadas a neve estará impecável! Aprendam a entender como procurar sua neve, porém não façam sem antes ter adquirido as noções básicas sobre os riscos prováveis e as atitudes necessárias.

ATENÇÃO: nos dias de hoje, a questão do ‪#‎FREERIDE‬ é cada vez mais massificada e, tentando resolver a missão de ‘Freeriding para todos”, o ‪#‎SAFE‬ se propõe como momento ideal para sensibilizar e aproximar sobre a cultura de segurança e perigos que podem ocorrer nas montanhas nevadas. Um evento único, dedicado para todos os apaixonados e curiosos, mas também para os turistas, que querem aprender mais sobre ‪#‎NEVE‬ e ‪#‎AVALANCHES‬. Um educacional para snowboarders, freeskiers, telemarkers e para todos os que se aventuram e desfrutam da neve, especialmente se for ‪#‎POWDER‬.

  • Para encontrar todos os detalhes e as informações relativas as atividades que rolarão durante o #SAFE 2016, solicitem entrar no nosso grupo no Facebook -> LINK
  • Enquanto para saber o que aconteceu no ano passado, aqui o resumo da primeira edição -> LINK
  • INSCRIÇÕES: entrar em contato para solicitar e receber a ficha de participação aqui -> LINK
  • A mais, além do Curso Internacional AIARE Nível1, estamos vendo a possibilidade de organizar também um inédito #SAFE Leader 2016… mais informações serão divulgadas nos próximos dias. Fiquem atentos! :D

  • Spread SnowLove Everywhere …é isso que nos motiva!!

    Gostou? Tem mais:

    Sobre ianny

    ...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.