Burton US Open 2015 em Vail (EUA) | Uma nova página do snowboard foi escrita

Foi simplesmente sensacional!! Os míticos Burton US Open voltaram para Vail (EUA) e nesse fim de semana passado, os melhores riders do planeta se desafiaram no famoso centro de esqui no Colorado (EUA) para os títulos do Slopestyle (SS) e do Halpipe (HP). O BUO faz parte da elite dos eventos do circuito 2015 do World Snowboard Tour (WST), em colaboração com a World Snowboard Federation (WSF). E com certeza, durante essa edição, uma nova página do snowboard foi escrita, além de evidenciar a forte progressão dos riders japoneses, que dominaram tanto os pódios quanto a atenção mundial.

Nos resultados do halfpipe (HP) feminino, a snowboarder norte americana Kelly Clark conseguiu levar o oitavo título nos BUO, após uma desafiante e muito técnica briga com as colegas Chloe Kim e Arielle Gold, respetivamente segunda e terceira no pódio. Enquanto na final masculina, o estiloso rider japonês Taku Hiraoka conseguiu conquistar o primeiro ouro dele nos BUO… lembrando que só 5 anos atrás, Taku estreava a sua participação nesse prestigioso evento anual, terminando apenas na décima oitava posição! O forte rider francês Arthur Longo, que na nossa opinião poderia ter merecido o ouro, especialmente após ter realizado uma run espetacular e completa… levou a prata, a frente do Ayumu Hirano (bronze), outro forte snowboarder japonês que em 2013 e com apenas 14 anos, dominou o lendário pódio do halfpipe (HP) durante os BEO em LAAX (SUI).

Mais um capítulo da história do snowboard foi escrito durante a final do slopestyle (SS) em Vail (EUA). Deixando um pouco de lado aquelas polêmicas entre progressão esportiva Vs acrobacias circenses… nessa sexta feira, o riders canadense Mark McMorris conseguiu realizar uma run realmente incrível: Cab hardway 270 to 270 out, frontside 270, frontside boardslide to 450, um Cab 900 double cork mute off… concluindo a prova com um inédito #ever nas competições: frontside triple cork 1440 to backside triple cork 1440. E com essa sequência de combos, provavelmente Mark já estava criando expectativas para garantir o seu terceiro ouro consecutivo nos BUO… mas o snowboarder japonês Yuki Kadono levantou o nível com um alucinante e inédito: backside triple cork 1620 mute to switch backside triple cork 1620 stalefish (Run iniciada com: switch backside 270 on to 270 out, lipslide to fakie, half Cab on backside 360 out, frontside double cork 1080 mute e concluída com os corks 1620). Simplesmente insana! Em terceiro ficou outro rider canadense: Tyler Nicholson. Entre as meninas, com uma run sólida e muito técnica Jamie Anderson mostrou mais uma vez a própria supremacia e levou o ouro pela quarta vez, deixando a jovem rider austríaca Anna Gasser com a prata, seguida pela snowboarder canadense Spencer O’Brien.


E para quem estiver interessado em curtir esse irado pico invernal, a nossa sugestão é para entrar em contato com o pessoal da SNOWBAGGING, a primeira Agência de Turismo inteiramente voltada para os RIDER! Além dos clássicos pacotes turístico, a SNOWBAGGING oferece e disponibiliza dicas e sugestões para conhecer centros de esqui ainda inéditos no mercado nacional, além de ser um ótimo ponto de partida para quem estiver interessado em se envolver de verdade com o cenário internacional da neve, dos eventos mais impressionantes e das competições mais importantes. Não fique somente babando e sonhando com isso, entre em contato para conferir disponibilidades e solicitar orçamentos: OPERADORA@SNOWBAGGING.COM.BR

Mais detalhes e infos: Burton US Open | Resultados e highlights em Vail 2015.

Gostou? Tem mais:

Sobre ianny

...moro no Brasil, em uma ilha, e procuro neve, por paixão e por necessidade, o tempo inteiro, independentemente do mês ou do hemisfério. Sou snowboarder, goofy, mas provo prazer com todas as coisas que deslizam na neve, especialmente se são rápidas e harmoniosas com o contexto de montanha.